Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2018
Dica de Disco

"Family Tree"
2018 
Artista: Black Stone Cherry


É ROCK'N ROLL NA VEIA, E NADA MAIS
Num tempo em que a música precisa ser intrincada e complicada demais, gerando um som quase "alienígena", às vezes, um bom feijão com arroz é mais do que suficiente. Não que o rock, por exemplo, precise de fórmula A ou b para dar certo, mas, parece que quando ele segue o básico, o resultado é quase sempre animador.

Nisto, chegamos ao novo disco da banda Black Stone Cherry, Family Tree.

E, é com muito gosto que estamos diante de um dos melhores disco da banda. Após uma ótima estreia com um disco homônimo, de 2006, e uma continuação espetacular com Folklore and Superstition, de 2008, foi só decepção, com o grupo enveredando por um caminho bem mais pop, e bem menos interessante. Eis que, 12 anos após o seu debut, o grupo lança, agora, sim, um discaço.



E, o que fez a Black Stone Cherry realizar um retorno triunfal? Bem simples: eles assumiram de vez a sua via southern rock, …
Disco Mais ou Menos Recomendável

"Viagem ao Coração do Sol"
2018 
Artista: Cordel do Fogo Encantado


O RETORNO DO CORDEL DO FOGO ENCANTADO AOS ESTÚDIOS ESTÁ LONGE DE SER MEMORÁVEL
Nesse clima de revival que tomou conta da música brasileira, pelo menos, de uns 15 anos pra cá, muitas bandas vão e voltam, sejam através de especiais do tipo Acústicos, sejam através de álbuns inéditos, onde, muitas vezes, a gente só vislumbra um pouco do que a banda foi há tempos, apesar do referido trabalho ter uma indiscutível qualidade. Mas, a mesma aura de outrora, parece ter se esvaziado um pouco. Ouvir o novo disco do Cordel do Fogo Encantado não deixa de passar um pouco dessa sensação em alguns momentos. Em outros, a gente enxerga nitidamente o que foi o Cordel um dia, mas, ainda assim, parece que faltou alguma coisa.



Mais precisamente, falta um pouco mais frescor ao trabalho, com aquela sensação de empolgação que sentíamos ao ouvir músicas como "Chover", "Palhaço do Circo sem Fu…
Dica de Filme

"O Insulto"
2017 
Direção: Ziad Doueiri


"O Insulto" mostra como o poder das palavras pode abrir velhas feridas num ambiente sócio-político extremamente complicado
As palavras têm poder. Para o bem e para o mal. Muitas guerras e conflitos em geral começam assim: com uma palavra mal-dita, com um gesto imprudente, enfim, com um insulto. Um insulto, inclusive, que pode deixar vir à tona uma série de feridas ainda não cicatrizadas. Feridas geradas por situações estúpidas, de governos estúpidos, onde não há vencedores entre a população mais pobre; somente perdedores. E, é isso o que vemos em O Insulto, que parte de uma situação cotidiana banal (uma calha de uma casa) para estender o seu debate de forma macro e poderosa.



E, aqui, não estamos falando de um conflito qualquer, mas, da complicada situação social do Líbano, que recebe continuamente refugiados palestinos, que, muitas vezes, são estigmatizados entre os libaneses, a maioria cristãos. É nesse contexto di…
Dica de Filme

"Extermínio"
2002
Direção: Danny Boyle


Danny Boyle inaugura a nova moda dos zumbis no cinema com um filmaço
Alguns cineastas dispensam muitos comentários, seja para o lado positivo, seja para o lado negativo. No caso do visionário Dabby Boyle, dificilmente, encontraremos alguma produção meia-boca em sua filmografia. Isso porque o cineasta consegue imprimir um tom muito autoral em seus projetos, por mais que eles pertençam a um nicho bem específico. No caso de "filmes de zumbis", o que ele fez foi "apenas" iniciar toda essa onda dos mortos-vivos viraram pop, bem antes de The Walking Dead, por sinal. E, a culpa disso recai sobre um filmão chamado Extermínio.




As primeiras sequências de Extermínio já demonstram o domínio narrativo de Boyle. Numa sequência onde são exibidas cenas de violência de todos os tipos (terroristas matando possíveis dissidentes, policiais empancando manifestantes...), um chimpanzé, amarrado a uma mesa, observa tais cenas. Mes…