Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 27, 2017
Dica de Filme

"A Criança"
2005
Direção: Jean-Pierre e Luc Dardenne


TÍPICA CRÔNICA URBANA DOS IRMÃOS DARDENNE, "A CRIANÇA" MOSTRA, SEM MORALISMOS, O COTIDIANO DE UMA GERAÇÃO INCONSEQUENTE
Existe aquela categoria de cineastas da qual você sabe exatamente o que esperar, e mesmo que isso pareça ruim, há muitas exceções em que a previsibilidade de algumas obras não tira o brilho delas. É o caso dos filmes dirigidos pelos veteranos Jean-Pierre e Luc Dardenne, cuja obra (sólida e coerente) sempre aborda temas, aparentemente, pequenos, banais, "do cotidiano", mas, que dialogam com naturalidade com questões bem mais profundas. E, "A Criança" é mais um desses ótimos longas que, aparentemente, falam sobre o dia a dia de pessoas comuns, lançadas à própria sorte, porém, que mostram camadas e mais camadas de elementos que, no final, vão se mostrar bem críticos em relação à sociedade, às relações humanas e, principalmente, ao fato de que, mesmo vivendo em condiçõe…
Dica de Disco

"Deixa Queito"
2017
Artista: Macaco Bong


REELEITURA INSTRUMENTAL DE "NEVERMIND" SURPREENDE AO CAPTAR BASTANTE DA ENERGIA E DA URGÊNCIA DO CLÁSSICO DO NIRVANA
Pra se manter da arte, às vezes, é preciso uma boa dose de ousadia. Só que não apenas ousadia, mas, também saber o que se quer, qual fonte pegar para fazer o seu trabalho. A banda de rock instrumental Macaco Bong, então, depois de cinco discos razoavelmente bons, lança o seu 6º álbum com uma tarefa inusitada: fazer uma reeleitura daquele que é considerado o disco ícone da geração dos anos 90: "Nevermind", lançado pelo Nirvana em 1991, e que, até hoje, causa verdadeiras hecatombes na indústria fonográfica, sendo trabalho fundamental que vem influenciando diversas bandas independentes nas últimas duas décadas. Mexer num clássico assim parecia arriscado demais, não é? Mas, com categoria ímpar, a Macaco Bong conseguiu fazer uma homenagem diferente, autoral e que não desrespeita nem descaracteri…