Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 12, 2016
Disco (Mais ou Menos) Recomendável

"The Getaway" (2016)
Artista: Red Hot Chilli Peppers.


O tempo passa. Impiedoso e insaciável, cobra o seu preço. Alguns lidam bem com ele, sabendo envelhecer da melhor forma. Bandas hoje veteranas, mas, que estavam no auge nos anos 90, conseguiram chegar aos dias atuais com dignidade (Alice in Chains e Fatih no More). Outras, como a Red Hot. parecem ter perdido o fio da meada, deixando pra trás algum item essencial, aquele detalhe que faz a diferença. Aqui, esse elemento (ou, a ausência dele) tem nome e sobrenome: John Frusciante. É inegável a falta que ele faz no processo de composição de sua (agora) antiga banda.

Agora, claro, sejamos honestos: Josh Klinghoffer é um ótimo guitarrista, disto não restam dúvidas. Porém, Frusciante dentro do Red Hot fazia a coisa "funcionar", ter "química". Com Josh, eles parecem apenas uma boa banda iniciante, o que é muito pouco pra quem nos legou discos irretocáveis como "Mother's…
Debate Sócio-Político

PRECISAMOS FALAR SOBRE ARMAS
Por Erick Silva


O assunto ainda é polêmico, e ainda gera diversos lugares-comuns. Com o passar dos anos, ficou parecendo que os lados pró e contra armamento em nada evoluíram suas ideias, esquentando, por vezes, um debate vazio, aonde ninguém sai vencedor. Os que são contra um armamento em grande escala para a população continuam com um discurso de paz que é bonito na teoria, porém, pouco prática. Já, os que são a favor de armar o chamado "cidadão comum", não saem do argumento de que a auto-defesa é um direito, e que "bandido bom é bandido morto". Entre jargões e falácias, o que se vê ainda são massacres horríveis, como o que aconteceu em Orlando nos últimos dias, no qual o atirador havia, como de costume, adquirido uma arma com bastante facilidade.

Portanto, abandonemos qualquer paixão ideológica, seja de Direita ou de Esquerda, e vamos direto ao ponto: há algum benefício real em andar armado? Para começar, segue um…
Debate Sócio-Político

A FOBIA COMO ARMA DE INDIFERENÇA
Por Erick Silva

Foto: Rick Rycroft/AP
Nas últimas horas, mais um atentado terrorista nos EUA abalou o mundo. Desta vez, um fanático islâmico abriu fogo numa boate LGBT, matando dezenas de pessoas, e ferindo outras tantas. Algo verdadeiramente horrível. No entanto, tão horrível quanto é perceber a que nível chega a desonestidade intelectual de certas pessoas. Nesse momento em que deveríamos estar de luto por tantos mortos de maneira brutal, em que deveríamos estar repudiando toda e qualquer forma de fanatismo, em que deveríamos estar apoiando a comunidade LGBT, pois, além de um atentado terrorista, este teve características de homofobia, o que alguns andam dizendo? Simplesmente que é odioso a Esquerda e a militância gay estarem "usando" o caso para promoverem uma causa, nesse caso, contra o preconceito.

Interessante notar que muitos desses "críticos" de ocasião são justamente da comunidade cristã. Irônico, pois, le…
Prestem Atenção Em...

RIVAL SONS


Ah, os anos 70. Sempre voltam pra nos "assombrarem". Vez ou outra, alguma nova banda surge emulando aquele som energético da época, em especial, do Led Zeppelin. De Black Crowes a Jack White, quase sempre a qualidade de quem se propõe a revisitar esse tipo de música é ótima. Com a banda californiana Rival Sons não poderia ser diferente. Da bateria certeira, ao baixo poderoso, indo pra uma guitarra estridente, e culminando num vocalista que parece um misto de Robert Plant com Ian Astbury. O incrível é que o grupo, mesmo escancarando suas influências a cada disco, nunca pareceu uma mera cópia.

Formada em 2009, o grupo surgiu a partir de outra banda, a Black Summer Crush, que tinha dois dos integrantes que viriam a compor a Rival Sons: o guitarrista Scott Holliday e o baterista Mike Miley. Interessante mesmo foi a entrada do vocalista Jay Buchanan, que antes cantava blues. Foi Scott Hpççiday que o persuadiu a começar a contar rock, e foi aí que o…