Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 27, 2016
Dica de Filme

"A Montanha dos Sete Abutres" (1951)
Direção: Billy Wilder


Até que ponto a arte imita a vida? Essa questão é mais antiga do que se parece, e se, ainda hoje, a sociedade se depara com certos dilemas, é porque a arte sabe, como poucas coisas, canalizar os nossos problemas em histórias atemporais, só mudando data e local, mas, retratando, muitas vezes, o que temos de pior. Chegamos ao filme "A Montanha dos Sete Abutres", e a pergunta acima muda para: "O jornalista tem ética?" Se, 65 anos depois, uma produção pra cinema possui tantos ecos com a nossa realidade, é porque, de fato, algo está errado.
Corajosamente, Billy Wilder (que também acumulou a função de co-roteirista aqui), retira de seu protagonista (Chuck Tatum) qualquer pudor, escrúpulo ou decência. E, mesmo assim, não deixa de ser alguém que desperta um certo fascínio. Charmoso, carismático e extremamente retórico, Tatum, logo no início do filme, mostra toda a sua arrogância ao chegar para…
Dica de Filme

"Or" (2004)
Direção: Keren Yedaya


Muitos consideram o cinema como escapismo rasteiro, uma forma de diversão passageira, algo bem ao estilo "multiplex". Só que cinema também é uma forma de reflexão; enquanto arte, pensa e nos tira de nossa zona de conforto. A sétima arte não precisa ser, necessariamente, divertida, leve, boba, até. E, é pensando assim que alguns realizadores fazem algo não apenas para incomodar, mas, pra mostrar que cinema também é vida real, no que ela tem de melhor e de pior. Chegamos, assim, a "Or", filme inquietante, aonde a abordagem de um tema delicado como a prostituição é, antes de tudo, documental e bastante crua.
Despido de qualquer glamour, o tema, de fato, ainda é tabu, mas, aqui, não há lugar para julgamentos. É o retrato cotidiano de uma menina (a Or do título) que faz de tudo para afastar a mãe da prostituição. E, realmente, faz de tudo: cata latas e garrafas para revender, trabalha num restaurante lavando pratos…