Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 2, 2017
Dica de Filme

"Uma Lição de Amor"
2001
Direção: Jessie Nelson


LINDA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO NÃO APELA PARA O DRAMA RASO, E AINDA TRAZ UMA ÓTIMA TRILHA SONORA TOTALMENTE CALCADA NOS BEATLES
Alguns filmes são fortes porque são simples. Não necessitam de muita complexidade, bastando colocar certas questões nas entrelinhas, com sutileza, com delicadeza, que o resultado já se torna plenamente satisfatório. Agora, claro, histórias simples sempre correm o risco de se transformarem ao algo apelativo, pouco natural, pouco "orgânico". O risco existe, e, de fato, muitas produções descambam para soluções fáceis e pouco interessantes. Mas, há outras que conseguem driblar isso, e mesmo com temas, aparentemente, excessivamente melodramáticos, conseguem extrair uma emoção genuína em sua abordagem. Sim, "Uma Lição de Amor" (tradução nem um pouco feliz para "I Am Sam") consegue essa façanha.



Sam Dawson é o protagonista dessa história singular. Com problemas mentais des…
Filme Mais ou Menos Recomendável

"Okja"
2017
Direção: Bong Joon Ho


"FÁBULA" DO MESMO DIRETOR DE "O HOSPEDEIRO" NÃO SE DECIDE ENTRE SER INFANTIL OU ADULTA, ALÉM DE CARREGAR NAS CARICATURAS, APESAR DA BOA INTENÇÃO DA HISTÓRIA
Existe algo que atrapalha bastante o resultado desejado para um filme, e este algo consiste em errar o tom de uma produção. Por mais que o enredo tenha a intenção de ter boas metáforas, com críticas sociais ácidas, ou coisas do tipo, se um ou mais desses aspectos passarem do "limite", o filme perde muito do seu intento original. Lembram do personagem Fortunato em "Tropa de Elite 2"? Se a intenção era fazer uma paródia aos apresentadores de programas policiais, o tiro saiu pela culatra, pois, a caricatura ali era tão "carregada", tão desproporcional, que, ao invés de ser um misto de humor e crítica, as sequências com Fortunato ficaram apenas constrangedoras. E, é isso o que ocorre em "Okja", só que em…