Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 31, 2016
Dica de Filme

"Aguirre - A Cólera dos Deuses" (1972)
Direção: Werner Herzog.


Em "Aguirre", vemos duas forças da natureza em ação. A primeira é muito bem explorada logo nos minutos iniciais, quando vislumbramos uma linda paisagem de uma montanha, mas, quando a câmera vai se aproximando, ela revela uma expedição de dezenas de pessoas. Imagem bela, porém, assustadora. Já, a segunda força da natureza presente aqui é mais metafórica: as próprias personalidades do diretor Herzog e o ator Klaus Kinski, ambos excepcionais em suas respectivas tarefas, porém, difíceis no convívio.

O roteiro é basicamente uma estória de sobrevivência num lugar inóspito. No entanto, nas margens, podemos observar fatos relacionados à ambição, ao poder e à loucura. O pretexto? Uma expedição espanhola em busca da lendária cidade de ouro El Dourado. O que temos? Colonizadores, supostamente civilizados e cristãos, tratando indígenas e negros como lixo humano, a cegueira do falso poder, a insanidade s…
Dica de Documentário

"Últimas Conversas" (2015)
Direção: Eduardo Coutinho.


O adolescente. O jovem. Este ser tão pouco compreendido pela maioria. Alguém que sempre tem o que dizer, mas, que já vem meio pré-moldado pelos pais, pela escola, pela igreja, pela sociedade. Foi com esse receio que o cineasta Eduardo Coutinho filmou este documentário. Segundo ele mesmo, era preferível falar com crianças. Essas não têm filtro, e geralmente falam o que querem. Realmente, teria dado um ótimo registro. Mas, felizmente, a ideia inicial de conversar com jovens persistiu. E, o resultado ficou fascinante.

Uma câmera estática. Uma cadeira. Uma sala praticamente vazia. E, uma pessoa ali, na frente de Coutinho, expondo um pouco das suas ideias, dos seus medos, dos seus sonhos. Isso, e somente isso, já bastou. Coutinho se mostra aqui um ótimo ouvinte, um instigador de mão cheia (nesse momento, inevitável não lembrar do saudoso Abujamra). E, os depoimentos dessa gente nova, tão pouco ouvida, são mu…
Dica de Filme

"Sinédoque, Nova Iorque" (2008)
Direção: Charlie Kaufman.


Difícil falar deste filme. Não porque ele seja de uma complicada compreensão. Antes fosse. É que o que ele nos passa é, de tal forma, tão poderoso, que esmiuçá-lo em palavras não é tarefa simples. Para coisas como ele e "A Árvore da Vida" (só para citar outro exemplo bem próximo) não se pode ser leviano nas palavras. Mas, também pouco deve ser dito. É o tipo de experiência íntima e pessoal que cada um precisa ter. Uns, acharão chato; outros, brilhante. A mim, disse muito.

Se é para ter uma "sinopse oficial", diria que a produção conta a triste trajetória de Caten Cotard, que, cada vez mais desiludido com a vida, entra em sérias crises, repetidas vezes, ao longo de anos. Nesse meio tempo, tenta fazer uma peça de teatro, que nem ele mesmo sabe do que se trata, ao certo. Pode ser sobre a vida, sobre a morte, sobre as mazelas humanas, sobre as felicidades passageiras. E, pode ser, simplesme…
Dica de Filme

"A Garota Dinamarquesa" (2015)
Direção: Tom Hooper.


Recentemente, o cinema vem apresentando temas bem relevantes e atuais na abordagem de seus temas. Tivemos, por exemplo, "As Sufragistas", num momento em que o movimento feminista vem crescendo bastante. Já, "A Garota Dinamarquesa" fala da incompreensão que um transsexual passa numa sociedade que ainda não quer lhe entender (e o descrimina, claro). Esta produção, porém, ganha mais pontos do que "As Sufragistas" por tratar o assunto com mais naturalidade e humanidade. Diria até que tem mais alma do que o outro.

Aqui, em linhas gerais, temos a cinebiografia de Lili Elbe. Ela, porém, "nasceu" Einar Mogens Wegener, e, desde sempre, percebia algo estranho: sentia-se mulher num corpo de homem. Ela, por sinal, foi a primeira pessoa trans a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero, ainda no início do século passado. Obviamente, isso gerou certo desconforto na sociedade da ép…