Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 25, 2017
Dica de Filme

"A Constituição"
2016
Direção: Rajko Grlic


ALGUMAS DE NOSSAS MAIS PROFUNDAS INTOLERÂNCIAS BRILHANTEMENTE ABORDADAS NUM BELÍSSIMO FILME
Antes de falar do filme em si, um pouco de História. De 1918 a 1991, Sérvia e Croácia eram países que faziam parte da antiga Iugoslávia. No entanto, após 1991, houve a proclamação da independência da Croácia, e que foi seguida de uma guerra entre as forças croatas e os separatistas sérvios. Esses últimos desejavam integrar um Estado etnicamente puro, reunindo todos os sérvios da ex-Iugoslávia. O conflito deixou cerca de 20 mil mortos, além de uma ferida aberta de intolerância e preconceito entre os dois povos, e que dura até os dias atuais. E, é nesse conturbado contexto que se passa o enredo de "A Constituição".



A primeira sequência, de alguém colocando um vestido e caminhando até um bar é de uma beleza ímpar (por sinal, o filme é todo belo). Quando descobrimos que essa pessoa é, na verdade, o professor universitário Vjek…
Dica de Filme

"O Vale Sombrio"
2014
Direção: Andreas Prochaska


FAROESTE À MODA ANTIGA ACERTA EM CHEIO AO APOSTAR NUMA TRAMA COM REVIRAVOLTAS BEM CONSTRUÍDAS
Muitos pensam que o gênero faroeste "morreu". Verdade que não se fazem mais tantas produções marcantes como antigamente, porém, isso não significa dizer que mais nada é feito nesse formato. Procurando em produções mais independentes (e, até em outros países) vamos ver que o faroeste ainda pode render ótimos filmes. Claro, os tempos são outros, e, por causa disso, não cabe mais aqueles velhos maniqueísmos, como colocar os indígenas locais, por exemplo, como os eternos vilões. Isso, ao menos, dá vazão a tons mais realistas, e até mais interessantes. É o que vamos encontrar, em linhas gerais, no vigoroso "O Vale Sombrio".



A história aparenta não ser muito complexa, mas, ao longo da narrativa, vai ganhando boas camadas de profundidade. Acompanhamos Greider, um forasteiro que chega a uma vila no meio do nada, …
Dica de Filme

"Ronin"
1998
Direção: John Frankenheimer


EXEMPLO PERFEITO DE FILME DE AÇÃO INTELIGENTE, "RONIN" CONTINUA INSUPERÁVEL EM MUITOS PONTOS
Criou-se um enorme estigma relacionado aos filmes de ação nos últimos anos, de que esse tipo de cinema só funciona se você "desligar o cérebro, e se divertir". Claro que há um completo exagero nessa expressão, mas, não deixa de ser evidente que, realmente, a maioria dos filmes de ação são, em essência, "burros", ou, pra ser mais específico, é aquele tipo de produto que subestima demais a inteligência do espectador. Portanto, os (poucos) exemplares desse gênero que possuem algum diferencial precisam ser enaltecidos. Então, salve o saudoso cineasta John Frankenheimer, que já no final de sua carreira nos presenteou com o petardo chamado "Ronin", que, sem exageros, coloca os vários "Velozes e Furiosos" e "John Wicks" da vida no chinelo.



A história é, aparentemente, simples, mas,…