Pular para o conteúdo principal
DICA DE FILME

"Amen." (2002)
Direção: Constantin Costa-Gavras


A consciência humana é uma eterna encruzilhada. Muitas vezes nos deparamos com um mal feito por nós mesmos, apesar das supostas boas intenções em nossas ações. Kurt Gerstein, oficial da SS nazista, viveu esse dilema. Tendo desenvolvido um mecanismo que visava purificar água para os batalhões, viu seu trabalho sendo usado para o extermínio mais rápido do povo judeu.

Paralelo a isso, sua crença cristã vai cobrar um preço altíssimo, principalmente pelo fato da alta cúpula da Igreja Católica ter se omitido perante o Holocausto. Diante disso, ele vai travar um verdadeiro "tour de force", enfrentando as forças armadas que ele próprio faz parte e a poderosa instituição da Igreja.


















Com esse tema, baseado na peça "O vigário", de Rolf Hochhuth, o sempre competente diretor Costa-Gavras (do filme "Z") realiza um filme tenso, ancorado quase que exclusivamente nos diálogos. Algumas cenas dão uma fluidez peculiar à narrativa. Exemplo disso, são as várias imagens que mostram trens de carga saindo dos campos de concentração vazios e voltando com suas portas fechadas.

As atuações são claras, não tendo alguma que, necessariamente, seja um destaque absoluto, e o roteiro prima por oferecer a indignação necessária ao espectador, no tacante à religião e suas politicagens. Aqui, é tudo muito bem feito, e as duas horas do filme passam rápido (apesar de um tanto incômodas).




O cartaz de divulgação de "Amen." foi uma das causas de sua polêmica, ao misturar a cruz cristã com a suástica nazista. Na época, o secretário-geral da Conferência Francesa de Bispos, Stanislas Lalanne, acusou a propaganda de "ferir a dignidade dos fiéis". "A imagem mistura de forma inadmissível Jesus Cristo e a barbárie nazista", censurou.

Em contrapartida, o diretor Costa-Gavras deu sua opinião sobre o silêncio da Igreja Católica a respeito do Nazismo: "O Vaticano, naquela época, deveria ter falado. Porque eles sabiam o que estava acontecendo. Não sei se poderiam ter salvado judeus ou ciganos. Mas eles poderiam ter resistido."


Uma produção, sem dúvida, triste, e um tanto polêmica (desculpem o uso de uma palavra tão prostituída), porém, que faz refletir sobre qual lado da moeda queremos ficar, e o porquê.


NOTA: 9,0/10.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Debate Sócio-Político
Porto Digital Ocupado!
O número de ocupações contra a PEC 55 (que propõe, entre outras coisas, uma profunda reforma no Ensino Médio) cresce a cada dia, e apesar de algumas dificuldades, a maioria mostra que está no caminho certo. No Recife, a mais recente instituição a ser ocupada foi a Escola em Referência de Ensino Médio (o EREM), pertencente ao Porto Digital, e localizada no bairro do Recife Antigo. Tudo começou durante a manhã de quinta (17), após as aulas serem suspensas para a realização de uma assembleia. A decisão pela ocupação do prédio foi feita como forma de antecipar o pior, já que muitos temiam que a direção da escola chamasse a polícia. 
De acordo com uma das integrantes do movimento, a organização do local está sendo feita aos poucos, para que, em breve, possam acontecer eventos, como palestras, exibição de produções audiovisuais, etc. "Ainda está tudo muito recente. Pretendemos, primeiro, limpar e reformar algumas coisas aqui dentro, para depo…
Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Dica Cultural

Festival MIMO 2016
Programação Olinda


MIMO significa Mostra Internacional de Música em Olinda. E, também resistência de arte da melhor qualidade. Nasceu em 2004, na cidade pernambucana que leva seu nome, e que hoje é patrimônio histórico da humanidade. O que não significa que o festival não ocorra em outros lugares, como vem acontecendo há alguns anos. Este ano, por exemplo, em sua 13ª edição, a MIMO já desembarcou em Portugal, e nas cidades brasileiras de Ouro Preto, Tiradentes, Paraty e, nos próximos dias, no Rio de Janeiro. E, claro, haverá espaço para sua cidade natal, Olinda, que irá abarcar inúmeras atrações de peso entre os dias 18 e 20 de novembro próximos.
A seguir, a programação completa da MIMO em Olinda.


CONCERTOS

18 Novembro / Sexta-Feira

Zeca Baleiro - Violoncelo e Piano
18h - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

João Fênix
19h - Igreja do Carmo

João Bosco & Hamilton d Holanda
19h30 - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

Mário Laginha & Pedro Burmes…