Pular para o conteúdo principal
DICA DE FILME

"DIÁRIOS DE MOTOCICLETA" (2004)




Desde a década de 60 que os roadie movies geram fascínio entre os cinéfilos. Após o clássico de Dennis Hooper, "Easy Rider - Sem Destino", muitos outros filmes abordaram a temática de uma viagem sem rumo, em busca de novas descobertas. "Diários de Motocicleta" vai por esse paradigma, e as descobertas que os protagonistas fazem nem sempre são prazerosas. Além disso, num determinado momentos, eles fixam passagem, passando boa parte da projeção apenas absorvendo o que viram até então.

Um desses aventureiros é ninguém menos que o Che Guevara. O filme é baseado livremente em relatos seus e de seu companheiro de viagem, Alberto Granado. Juntos, eles decidiram percorrer toda a extensão da América Latina no início dos anos 50, com o intuito de conhecer melhor a região e seus povos. De início, os percalços encontrados são naturais nesse tipo de empreitada: desavenças com moradores locais, dificuldade para conseguir alimento e abrigo e até mesmo a moto em que andavam quebra definitivamente após alguns meses.




No entanto, paralelo a tudo isso, outros acontecimentos vão mudando gradativamente a visão de mundo dos dois, principalmente do jovem Che, que se vê indignado com todas as injustiças que encontra pelo caminho. Índios expulsos de suas terras, camponeses perseguidos acusados de comunismo e exploração de trabalho em minas são algumas das duras realidades que forçarão o Che à reflexão.




É aí que o roteiro comete um pequeno pecado: endeusar, mesmo que timidamente, a figura dele. Na produção, vemos a formação daquele que se tornaria o mais famoso guerrilheiro do século 20. Estamos falando, portanto, de uma das personalidades mais controversas da nossa história recente, e, por isso, fica a dúvida se o que o Che viu nesse percurso foi realmente decisivo para sua mudança de postura, ou se ocorreram mais situações que o levaram ao ponto mais famoso de sua biografia, quando se envolveu na Revolução Cubana.

Porém, de uma forma geral, a produção é ótima como cinema. Sua narrativa mescla bem humor e drama, e o diretor Walter Salles, como sempre, oferece um trabalho bastante seguro. As atuações também são outro destaque, em especial, as de Gael Garcia Bernal e Rodrigo de le Serna, como a dupla principal da estória. Some-se a isso as belíssimas locações por onde eles passam, como, por exemplo, Machu Picchu, no Peru.




"Diários de Motocicleta" é, de fato, muito competente, e consegue produzir aquela sensação de revolta que provavelmente Che um dia sentiu ante tantas injustiças. Essas, inclusive, que ainda hoje estão a olhos visto, sem que, para isso, precisemos de uma viagem para descobrí-las.


NOTA: 8,5/10.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Debate Sócio-Político
Porto Digital Ocupado!
O número de ocupações contra a PEC 55 (que propõe, entre outras coisas, uma profunda reforma no Ensino Médio) cresce a cada dia, e apesar de algumas dificuldades, a maioria mostra que está no caminho certo. No Recife, a mais recente instituição a ser ocupada foi a Escola em Referência de Ensino Médio (o EREM), pertencente ao Porto Digital, e localizada no bairro do Recife Antigo. Tudo começou durante a manhã de quinta (17), após as aulas serem suspensas para a realização de uma assembleia. A decisão pela ocupação do prédio foi feita como forma de antecipar o pior, já que muitos temiam que a direção da escola chamasse a polícia. 
De acordo com uma das integrantes do movimento, a organização do local está sendo feita aos poucos, para que, em breve, possam acontecer eventos, como palestras, exibição de produções audiovisuais, etc. "Ainda está tudo muito recente. Pretendemos, primeiro, limpar e reformar algumas coisas aqui dentro, para depo…
Filme Mais ou Menos Recomendável

"Mulher Maravilha"
2017
Direção: Patty Jenkins


MAIS UM FILME DE SUPER-HERÓI GENÉRICO, "MULHER MARAVILHA" PECA, IRONICAMENTE, POR TER UM SUB-TEXTO MACHISTA EM SUAS ENTRELINHAS
Estamos diante de mais um filme de super-heróis, mais um do universo expandido da DC Comics no cinema, mais um com a enorme responsabilidade de entregar um material minimamente interessante, ao contrários dos pífios "Batman vs Superman" e "Esquadrão Suicida", sem dúvida, os dois piores filmes do gênero desses últimos anos, ao lado de "Quarteto Fantástico". Ou seja, "Mulher Maravilha" chega com uma tremenda carga a ser superada. A pergunta é: conseguiu cumprir a sua missão? Bem, digamos que sim e não. Ao mesmo tempo em que o filme acerta em alguns pontos que ficaram devendo em produções anteriores, ele também erra ao repetir alguns dos erros mais corriqueiros de longas do gênero, com um agravante que pode até causar certa polê…