Pular para o conteúdo principal
Dica de Filme

"O Rei dos Porcos" (2011)
Direção: Sang-ho Yeon.


O bullying é uma prática odiosa, covardia em estado puro. Mas, estranhamente, sempre consegue gerar bons filmes. Só que, paralelo a isso, são, geralmente, produções pesadas, onde o espectador tem que ter um certo estômago para aguentar ver todo tipo de humilhações a que uma pessoa é sujeita na mão de grupos. Mas, também, frequentemente, expõe com muita nitidez a sordidez humana, que sempre está em busca de poder, mesmo que precise subjugar o outro, e a reação dos oprimidos, às vezes, com bastante violência.

O anime "O Rei dos Porcos" vai um pouco além, não tendo apenas o bullying como seu tema central. Claro que isso é o mote das melhores cenas da animação, mas, o roteiro, escrito em clima de suspense e, não raro, com muito terror, explora outros assuntos, como o consumismo, a necessidade de se pertencer a um grupo, os conflitos familiares, o conceito que essa sociedade tem de sucesso, entre outras coisas.




Obviamente, o aprofundamento disso nos poucos mais de 90 minutos do desenho não chega a tanto, mas, mesmo assim, a produção aborda todas essas questões de maneira interessante, e até um tanto pesada. Logo no início, a imagem de uma mulher morta, aparentemente estrangulada, e um rapaz no chuveiro, aos prantos. Corta para uma cena em que o rapaz está passando por dificuldades no emprego. Desolado, sai para beber, e encontra um amigo de infância, que vai reviver momentos trágicos e obscuros da vida dos dois, quando eram molestados na escola.

A partir daí, temos um vai-e-vem no tempo, ora mostrando os dois pré-adolescentes, ora, eles conversando nos dias de hoje, relembrando fatos marcantes em suas vidas. E, realmente, são fatos sem nenhum pingo de alegria. Mesmo quando passam a serem salvos por outro aluno do colégio, o período em que sofriam bullying de outros meninos não era fácil. Espancamentos e torturas psicológicas eram constantes.




É quando o amigo misterioso deles vai se delineando quem é, que o anime ganha um tom mais sombrio, de insanidade. Pra ele, só podemos parar de sermos oprimidos se superarmos nossos algozes. Pra isso, precisamos encontrar a verdadeira maldade. Nesse momento, no entanto, o desenho peca por uma cena desnecessária, envolvendo um gato. É até entendível o que quiseram passar com isso, mas, poderia ter sido mostrado de outro modo, menos apelativo.

Tirando apenas essa sequência, "O Rei dos Porcos" consegue passar seu intento de dialogar sobre sérias perturbações humanas, além de nossas falsas necessidades atuais. É notório que um dos garotos que sofre bullying sempre queira parecer que vem de família rica, mas, sempre é humilhado por isso. É quase como uma luta de classes dentro do colégio, mas que resulta sempre na vitória dos mais ricos e dos mais velhos.




O próprio desarranjo familiar contribui para isso, já que o pai de um dos meninos é dono de um bordel, e que vive maltratando suas empregadas, e a mãe de outro é garota de programa desse mesmo bordel. A revolta dos garotos é latente, crescendo cada vez mais, a ponto de explodir a qualquer momento. Levando-se em consideração que vemos, hoje em dia, mais e mais tragédias, protagonizadas por jovens negligenciados, a arte imita, tristemente, a vida.

Mesmo com algumas falhas de andamento, que, às vezes, "trava" a estória, "O Rei dos Porcos" é uma produção muito coerente com o que vivemos nesses dias, e se torna até necessário assistí-lo, tanto quanto "A Classe" e "Precisamos Falar Sobre Kevin". Afinal, o modo como estamos tratando os nossos jovens, merece e precisa de críticas urgentes.


Nota: 8/10.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Debate Sócio-Político
Porto Digital Ocupado!
O número de ocupações contra a PEC 55 (que propõe, entre outras coisas, uma profunda reforma no Ensino Médio) cresce a cada dia, e apesar de algumas dificuldades, a maioria mostra que está no caminho certo. No Recife, a mais recente instituição a ser ocupada foi a Escola em Referência de Ensino Médio (o EREM), pertencente ao Porto Digital, e localizada no bairro do Recife Antigo. Tudo começou durante a manhã de quinta (17), após as aulas serem suspensas para a realização de uma assembleia. A decisão pela ocupação do prédio foi feita como forma de antecipar o pior, já que muitos temiam que a direção da escola chamasse a polícia. 
De acordo com uma das integrantes do movimento, a organização do local está sendo feita aos poucos, para que, em breve, possam acontecer eventos, como palestras, exibição de produções audiovisuais, etc. "Ainda está tudo muito recente. Pretendemos, primeiro, limpar e reformar algumas coisas aqui dentro, para depo…
Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Dica Cultural

Festival MIMO 2016
Programação Olinda


MIMO significa Mostra Internacional de Música em Olinda. E, também resistência de arte da melhor qualidade. Nasceu em 2004, na cidade pernambucana que leva seu nome, e que hoje é patrimônio histórico da humanidade. O que não significa que o festival não ocorra em outros lugares, como vem acontecendo há alguns anos. Este ano, por exemplo, em sua 13ª edição, a MIMO já desembarcou em Portugal, e nas cidades brasileiras de Ouro Preto, Tiradentes, Paraty e, nos próximos dias, no Rio de Janeiro. E, claro, haverá espaço para sua cidade natal, Olinda, que irá abarcar inúmeras atrações de peso entre os dias 18 e 20 de novembro próximos.
A seguir, a programação completa da MIMO em Olinda.


CONCERTOS

18 Novembro / Sexta-Feira

Zeca Baleiro - Violoncelo e Piano
18h - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

João Fênix
19h - Igreja do Carmo

João Bosco & Hamilton d Holanda
19h30 - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

Mário Laginha & Pedro Burmes…