Pular para o conteúdo principal
Dica de Documentário

"Câmara dos Espelhos" (2016)
Direção: Dea Ferraz


O machismo na sociedade é um fato. Mas, será que os próprios homens têm consciência disso? É pensando nisso, que a cineasta Dea Ferraz realizou um interessante experimento: colocar vários homens, de diversas idades, para dialogarem entre si sobre questões relacionadas à mulheres, desde o mercado de trabalho ao aborto. A estrutura usada foi simples: uma sala, com alguns espelhos, e vários homens assistindo trechos rápidos de imagens relacionadas às mulheres, e debatendo sob a ótica deles. O resultado, como se poderia imaginar, é incômodo.

Pior é notar como atitudes e pensamentos machistas estão presentes em todas as gerações, desde o jovem que ainda está cursando a faculdade, até o velho que, mesmo debilitado pela saúde frágil, tem um desejo: um dia, relacionar-se com uma mulher mais jovem, que seja surda, muda e boa empregada doméstica (!). As visões são múltiplas, mas, resvalam, quase sempre, na mesma perspectiva: de que a mulher é inferior e incapaz, e por isso, precisa ser submissa ao homem. Num dos trechos, por exemplo, após uma reportagem sobre mulheres que trabalham em serviços considerados "pesados", eles discutem se é realmente necessário que elas trabalhem nisso, até para não serem autoritárias em casa, nem atrapalhar os afazeres domésticos.


É verdade que o documentário peca em alguns pontos. Primeiro, a gama de assuntos acaba sendo pouco variada, o que deixa a sensação de incompletude. Por exemplo: faltou abordar o tema tão recorrente da "cultura do estupro", que, vez ou outra, vem surgindo nos debates recentes. Outro ponto um tanto negativo seja o fato do único que faz parte da equipe, e que está "infiltrado" entre os debatedores seja alguém que até tenha boa vontade nos diálogos, mas, que, às vezes, mostra argumentos muito simplórios e que só geram um atrito desnecessário. Sem contar do mal uso da questão do funk, que, como sabemos, em geral, é um ritmo musical extremamente machista.

Porém, um ponto muito positivo foi, sem dúvida, o fato de, propositalmente, os homens que ali estavam saberem que estavam sendo filmados, mas, mesmo assim, caírem em contradição pelos assuntos abordados nos vídeos. Num momento, dizem que aborto é tirar a vida de alguém, No outro, que um homem traído, a depender do estado emocional, pode até matar, e tem que ser compreendido por isso. Outro momento bem singular é quando eles se mostram avessos ao direito delas fazerem o que quiserem. e quando veem um vídeo que mostra uma mulher totalmente liberada sexualmente, eles já mudam o discurso, ficando constrangidos com a cena e dizendo que a mulher tem que ter os mesmo direitos que os homens.

A cineasta Dea Ferraz

Entre altos e baixos, "Câmara dos Espelhos" é uma experiência válida, suscitando debates interessantes a respeito de como muito homens ainda veem a figura feminina, independente da cor da pele, da idade e até da religião, ponto esse bem salientando entre um dos participantes. Como documentário, não chega a ser algo do nível de um Eduardo Coutinho ou de um Sílvio Tendler da vida, mas, cumpre bem o seu papel questionador e desobediente. A sequência final, nesse aspecto, é emblemática: todos constrangidos ao verem que as mulheres (pelo menos, uma boa parte) não irão ceder a pensamentos arcaicos. Pois, é. Alguns, percebendo que estão ultrapassados, só lhes resta baixar a cabeça e tentar refletir (se puderem).

Nota: 7/10



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Debate Sócio-Político
Porto Digital Ocupado!
O número de ocupações contra a PEC 55 (que propõe, entre outras coisas, uma profunda reforma no Ensino Médio) cresce a cada dia, e apesar de algumas dificuldades, a maioria mostra que está no caminho certo. No Recife, a mais recente instituição a ser ocupada foi a Escola em Referência de Ensino Médio (o EREM), pertencente ao Porto Digital, e localizada no bairro do Recife Antigo. Tudo começou durante a manhã de quinta (17), após as aulas serem suspensas para a realização de uma assembleia. A decisão pela ocupação do prédio foi feita como forma de antecipar o pior, já que muitos temiam que a direção da escola chamasse a polícia. 
De acordo com uma das integrantes do movimento, a organização do local está sendo feita aos poucos, para que, em breve, possam acontecer eventos, como palestras, exibição de produções audiovisuais, etc. "Ainda está tudo muito recente. Pretendemos, primeiro, limpar e reformar algumas coisas aqui dentro, para depo…
Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Dica Cultural

Festival MIMO 2016
Programação Olinda


MIMO significa Mostra Internacional de Música em Olinda. E, também resistência de arte da melhor qualidade. Nasceu em 2004, na cidade pernambucana que leva seu nome, e que hoje é patrimônio histórico da humanidade. O que não significa que o festival não ocorra em outros lugares, como vem acontecendo há alguns anos. Este ano, por exemplo, em sua 13ª edição, a MIMO já desembarcou em Portugal, e nas cidades brasileiras de Ouro Preto, Tiradentes, Paraty e, nos próximos dias, no Rio de Janeiro. E, claro, haverá espaço para sua cidade natal, Olinda, que irá abarcar inúmeras atrações de peso entre os dias 18 e 20 de novembro próximos.
A seguir, a programação completa da MIMO em Olinda.


CONCERTOS

18 Novembro / Sexta-Feira

Zeca Baleiro - Violoncelo e Piano
18h - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

João Fênix
19h - Igreja do Carmo

João Bosco & Hamilton d Holanda
19h30 - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

Mário Laginha & Pedro Burmes…