Pular para o conteúdo principal
Dica de Filme

"O Quarto do Filho" (2001)
Direção: Nanni Moretti.


A perda de um ente querido é um trauma profundo. O que vai diferenciar é o modo como cada um lida com essa perda. Em "O Quarto do Filho", temos perspectivas diferentes da mesma dor, numa única família, mas, todos com a sua razão de agir dessa ou daquela maneira. Aqui, temos um ambiente familiar com os todos os seus eventuais conflitos, desde o trabalho exaustivo do pai, à inadequação do filho em aceitar certas regras.

É, então, que esse filho morre num acidente, e tudo muda. Porém, a mudança mais significativa é a forma de enxergar o mundo de seu pai, sua mãe e sua irmã. Ele, trabalhando como terapeuta, já não consegue mais escutar ninguém e oferecer alguma ajuda. A mãe sente que o marido não está sofrendo como deveria pela morte do filho. E, a irmã do garoto fica isolada, no meio, tentando ser, de forma sutil, algum ponto de equilíbrio para ambos.




Alguns dos melhores momentos do filem são, justamente, as cenas no consultório do pai. Alguns de seus pacientes acabam refletindo a dor dele, e, por isso, ela acaba se envolvendo tanto com seus problemas que, em determinado momento, ele chora ao ouvir um relato, aparentemente, banal de uma mulher. Em outro instante, os pais descobrem que o filho tinha uma paquera e decidem procurá-la, mas, ele não consegue, sequer, escrever uma carta à garota. Sente-se impotente, incapaz.

Outros grandes momentos do filmes são as lembranças do pai, principalmente as que antecedem a morte do filho. Volta ao passado, e pensa que se tivesse agido de tal maneira, poderia ter evitado a tragédia. Às vezes, pensa ele, uma simples frase, um simples gesto já teria resolvido. É um sofrimento genuíno e natural de todos nós, e quem passou por situação semelhante, com certeza, vai se identificar ainda mais com essa situação.




Mesmo com um tema forte desses, "O Quarto do Filho" consegue evitar ser clichê; não se presta a lugares comuns. Sim, a notícia da morte do rapaz é muito triste, mas, não dura além do necessário, sem nada que soe caricatural. A própria atitude dos entes do garoto são bastante condizentes com o que se espera diante de uma situação difícil assim, principalmente, quando precisam retomar a vida depois do ocorrido.

O filme se presta a ser muito humano e altruísta, e consegue. Ponto para o diretor Nanni Moretti, que também interpreta o pai do garoto, mostrando ter também talento na frente das câmeras. O enredo, bem estruturado, não oferece soluções fáceis. Com delicadeza, vai moldando cada um dos personagens diante dos nossos olhos, para, depois de muito tempo, vir o fator trágico da trama. E, os personagens principais estão muito próximos da realidade, o que torna a experiência do filme ainda mais sensível.




Ao mostrar com bastante eficácia como uma tragédia pode abalar uma família que sempre se mostrou unida, e dialogando com conceitos de altruísmo e adequação social, "O Quarto do Filho" é uma produção triste, sim, mas, com alguma dose de esperança, mesmo que ela venha repleta de dúvidas e questionamentos. Nada mais demasiadamente humano do que isso.


Nota: 9/10.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Debate Sócio-Político
Porto Digital Ocupado!
O número de ocupações contra a PEC 55 (que propõe, entre outras coisas, uma profunda reforma no Ensino Médio) cresce a cada dia, e apesar de algumas dificuldades, a maioria mostra que está no caminho certo. No Recife, a mais recente instituição a ser ocupada foi a Escola em Referência de Ensino Médio (o EREM), pertencente ao Porto Digital, e localizada no bairro do Recife Antigo. Tudo começou durante a manhã de quinta (17), após as aulas serem suspensas para a realização de uma assembleia. A decisão pela ocupação do prédio foi feita como forma de antecipar o pior, já que muitos temiam que a direção da escola chamasse a polícia. 
De acordo com uma das integrantes do movimento, a organização do local está sendo feita aos poucos, para que, em breve, possam acontecer eventos, como palestras, exibição de produções audiovisuais, etc. "Ainda está tudo muito recente. Pretendemos, primeiro, limpar e reformar algumas coisas aqui dentro, para depo…
Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Dica Cultural

Festival MIMO 2016
Programação Olinda


MIMO significa Mostra Internacional de Música em Olinda. E, também resistência de arte da melhor qualidade. Nasceu em 2004, na cidade pernambucana que leva seu nome, e que hoje é patrimônio histórico da humanidade. O que não significa que o festival não ocorra em outros lugares, como vem acontecendo há alguns anos. Este ano, por exemplo, em sua 13ª edição, a MIMO já desembarcou em Portugal, e nas cidades brasileiras de Ouro Preto, Tiradentes, Paraty e, nos próximos dias, no Rio de Janeiro. E, claro, haverá espaço para sua cidade natal, Olinda, que irá abarcar inúmeras atrações de peso entre os dias 18 e 20 de novembro próximos.
A seguir, a programação completa da MIMO em Olinda.


CONCERTOS

18 Novembro / Sexta-Feira

Zeca Baleiro - Violoncelo e Piano
18h - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

João Fênix
19h - Igreja do Carmo

João Bosco & Hamilton d Holanda
19h30 - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

Mário Laginha & Pedro Burmes…