Pular para o conteúdo principal
Especial


Clipes com Temática Social

Parece fácil fazer críticas sociais, principalmente, na música, mas poucos são os que conseguem unir boas ideias e um som que seja realmente relevante. Juntar o útil ao agradável, enfim. Este lista reúne alguns dos clipes mais fortes nesse sentido, e, por tabela, alguns dos mais emblemáticos da carreira de cada um desses artistas.


10º 
"Até Quando?" - Gabriel, o Pensador

Gabriel sempre foi uma espécie de revoltado fake, com letras simplórias e um tanto fabricadas para fingir indignação. Mas, quando abraçou o rock de vez no disco "Seja Você Mesmo (Mas, Não Seja Sempre o Mesmo)", de 2001, conseguiu equilibrar um bom discurso com uma sonoridade competente. O clipe de "Até Quando?" mostra a inércia do cidadão atual, sentado eternamente em sua poltrona, assistindo TV, e pouco se lixando para os problemas atuais.



9º 
"American Idiot" - Green Day

O punk sempre foi revoltado por natureza. Mas, nos anos 90, ele ficou "domesticado" com bandas como Offspring e o próprio Green Day. Mas, este, em 2004, lança "American Idiot", uma espécie de ópera rock ambiciosa, que, a despeito de músicas muito pomposas, trazia na faixa-título toda a agressividade e revolta que se espera de um grupo punk. O clipe, mostrando a bandeira dos EUA se "desmanchando", reforça isso.



8º 
"Rock the Casbah" - The Clash

É claro que, nos primórdios do punk, o estilo era representado por bandas de atitude, e o The Clash não era exceção. Fazendo um som mais abrangente para o que o estilo exigia, rapidamente, tornaram-se um grupo clássico por misturarem diversas tendências musicais, do reggae ao rap. Este clipe, que debocha dos jogos de poder das nações com o Oriente Médio (tudo por causa do Petróleo), é um dos mais conhecidos deles.



"When You Gonna Learn?" - Jamiroquai

O clipe já começa com a (forte) imagem de uma criança passando fome na África. Pode parecer um artifício clichê ou piegas, mas o vídeo vai se desenrolando em outras cenas amedrontadoras, entre elas, a matança indiscriminada de animais. Ou seja, o grupo sabia o que estava dizendo e estava chamando a atenção para a necessidade de um pouco mais de humanidade. Devido às imagens pesadas, o clipe foi censurado em alguns lugares, o que só prova que o seu incômodo foi válido.





"Causa e Efeito" - MV Bill

Na realidade, qualquer clipe de qualquer música de MV Bill poderia, facilmente, ser usado nesta lista. Com um discurso mais equilibrado e certeiro do que Racionais, o "mensageiro da verdade" consegue nesse vídeo fazer meio que um "compacto" de todas as suas (ótimas) ideias. O rap nacional, certamente, precisa de mais pessoas como MV Bill.






"Territory" - Sepultura

No início dos anos 90, o Sepultura já vinha com uma mudança em sua sonoridade (para o bem e para o mal). E, uma dessas mudanças se refletia no teor das letras, que passaram a abordar mais questões de cunho social. "Territory" se encontra no seminal disco "Chaos A.D.", e, todo gravado em Jerusalém, mostra bem o absurdo de uma "guerra santa", que, ainda hoje, está longe de acabar.



4º 
"Another Brick in the Wall" - Pink Floyd

"The Wall" foi o canto do cisne dessa super banda de rock progressivo. Composto inteiramente através das ideias do baixista e líder Roger Waters, as letras falavam de guerra, relacionamentos conturbados em família, entre outras coisas. O magnífico clipe de "Another Brick in the Wall", dirigido pelo cineasta Alan Parker, critica sem dó nem piedade um sistema de educação que produz "cidadãos em série", que não pensam.





"Guerrilla Radio" - Rage Against the Machine

Esta é outra banda em que praticamente TODOS os clipes mereciam estar aqui nessa lista. "Guerrilla Radio" ganha menção porque critica, de forma muito irônica, o sistema de produção em massa que todos nós consumimos, mas que, por trás, é produzido por pessoas em regime de escravidão (e até crianças). E, é, mais uma vez, o Rage Against the Machine fazendo refletir.





2º 
"Boom!" - System of a Down

Que o System sempre foi uma banda engajada, todo mundo sabe. Mas, foi se juntar a outro notório militante (o cineasta Michael Moore), para que o grupo fizesse um vídeo de pouco mais de três minutos que é um dos mais instigantes protestos pacifistas da música nos últimos anos. De quebra, ridiculariza Bush, Bin Laden, Saddan, entre outras facínoras. Muito bom!





"O Que Sobrou do Céu" - O Rappa

Ainda tendo Marcelo Yuka como principal letrista da banda, o Rappa gravou o seu maior clássico, "Lado B, Lado A", em 1999. Não obstante, conseguiram realizar dois fabulosos vídeos para duas das melhores músicas do álbum, "A Minha Alma" e "O Que Sobrou do Céu". Este mostra um sequestro como pano de fundo, onde o principal é expôr as mazelas e as desigualdades sociais de um Brasil ainda com uma violência brutal. E, o final é emocionante!




Espero que tenham gostado.

Fiquem à vontade para sugerirem mais clipes para essa lista, ou outros temas para listas futuras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Filme Mais ou Menos Recomendável

"Mulher Maravilha"
2017
Direção: Patty Jenkins


MAIS UM FILME DE SUPER-HERÓI GENÉRICO, "MULHER MARAVILHA" PECA, IRONICAMENTE, POR TER UM SUB-TEXTO MACHISTA EM SUAS ENTRELINHAS
Estamos diante de mais um filme de super-heróis, mais um do universo expandido da DC Comics no cinema, mais um com a enorme responsabilidade de entregar um material minimamente interessante, ao contrários dos pífios "Batman vs Superman" e "Esquadrão Suicida", sem dúvida, os dois piores filmes do gênero desses últimos anos, ao lado de "Quarteto Fantástico". Ou seja, "Mulher Maravilha" chega com uma tremenda carga a ser superada. A pergunta é: conseguiu cumprir a sua missão? Bem, digamos que sim e não. Ao mesmo tempo em que o filme acerta em alguns pontos que ficaram devendo em produções anteriores, ele também erra ao repetir alguns dos erros mais corriqueiros de longas do gênero, com um agravante que pode até causar certa polê…
Debate Sócio-Político
Porto Digital Ocupado!
O número de ocupações contra a PEC 55 (que propõe, entre outras coisas, uma profunda reforma no Ensino Médio) cresce a cada dia, e apesar de algumas dificuldades, a maioria mostra que está no caminho certo. No Recife, a mais recente instituição a ser ocupada foi a Escola em Referência de Ensino Médio (o EREM), pertencente ao Porto Digital, e localizada no bairro do Recife Antigo. Tudo começou durante a manhã de quinta (17), após as aulas serem suspensas para a realização de uma assembleia. A decisão pela ocupação do prédio foi feita como forma de antecipar o pior, já que muitos temiam que a direção da escola chamasse a polícia. 
De acordo com uma das integrantes do movimento, a organização do local está sendo feita aos poucos, para que, em breve, possam acontecer eventos, como palestras, exibição de produções audiovisuais, etc. "Ainda está tudo muito recente. Pretendemos, primeiro, limpar e reformar algumas coisas aqui dentro, para depo…