Pular para o conteúdo principal
Dica de Disco

"Eletric Warrior" (1971)
Artista: T-Rex.


Quando se fala em glam rock, muito se lembra de David Bowie e até de Elton John (sim, meu caros, o titio Elton já foi rock'n roll, tocando um piano com a mesma pegada que uma guitarra!). Mas, na época, um cara chamado Marc Bolan, com um ego monumental, rivalizava com todos o posto de "rei do glam". Atributos não faltavam, desde as energéticas performances de sua banda, o T-Rex, até a sonoridade dançante e bastante sensual.

Vários foram os ótimos discos lançados por ele, porém, "Eletric Warrior" ganha o posto de clássico por conter todos os grandes elementos fizeram dele um grande sucesso na década de 70. Bolan já tinha um belo cartaz na Inglaterra, só que ele queria mais. Por isso, com os novos integrantes do T-Rex, o baixista Steve Currie e o baterista Bill Legend, viajou até os EUA, onde, na estrada, chegaram a editar algumas das faixas que comporiam o novo álbum deles. E, o resultado foi excelente.



O trabalho já começa com a super-canção "Mambo Sun", que, como o próprio título sugere, é quente! O tipo de música ideal para agitar aquela festa mais alternativa. As faixas seguintes, "Cosmic Dancer" e "Jeepster", não ficam para trás. Com ótimos refrões e uma exuberante e rica sonoridade, mostram o porquê Bolan era, de fato, rival direto de Bowie. Ah, se todas as disputas pessoais gerassem arte de qualidade...

 "Monolith" e "Lean Woman Blues" fecham a primeira metade do disco com muita categoria. Tratam-se de duas lindíssimas baladas, mas com certa distorção e sujeira. É, então, que surge o grande hit do disco, a fantástica "Get it On". Com um ritmo e uma batida contagiantes, ela é do tipo que vicia e não enjoa. A parte percussiva dela, inclusive, é coisa fina. Ao vivo era uma canção insuperável, sempre tocada com vigor. E, que refrão!


O álbum segue com "Planet Queen" (com ótimos backing vocals) e "Girl" (outra balada, essa um pouco mais tradicional). "The Motivator" retoma a veia rocker da banda, com um batuque muito bem colocado, e, claro, um ótimo refrão (quase uma marca registrada do sr. Bolan). A penúltima canção, "Life's a Gas" nos proporciona mais uma bonita balada (eles realmente sabiam como compor essas coisas sem serem piegas...). E, o encerramento vem com "Rip Off", energética com tem que ser. Fim.

Há de se destacar também a belíssima arte da capa, projetada pelo grupo de design britânico Hipgnosis. Segundo o grupo, a imagem resume a perigosa promessa de poder do rock, com Bolan empunhando a guitarra como se fosse uma arma, diante de um arsenal de amplificadores. Vale lembrar que em Novembro de 2001, na edição da Vanity Fair, o músico americano Beck a escolheu como uma das suas 50 capas de álbum preferidas. Justíssimo!


Depois de "Eletric Warrior", o T-Rex ainda lançaria mais alguns discos realmente bons. Isso até Marc Bolan morrer em 1977 num acidente automobilístico. Deixou, no entanto, um tremendo legado na música, um rock ao mesmo tempo refinado e potente. Coisas, enfim, que jamais desaparecem.

"Eu só quero me comunicar com a garotada. É isso que importa, meu contato com a platéia." (Marc Bolan, em 1973).


Nota: 9,5/10.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Debate Sócio-Político
Porto Digital Ocupado!
O número de ocupações contra a PEC 55 (que propõe, entre outras coisas, uma profunda reforma no Ensino Médio) cresce a cada dia, e apesar de algumas dificuldades, a maioria mostra que está no caminho certo. No Recife, a mais recente instituição a ser ocupada foi a Escola em Referência de Ensino Médio (o EREM), pertencente ao Porto Digital, e localizada no bairro do Recife Antigo. Tudo começou durante a manhã de quinta (17), após as aulas serem suspensas para a realização de uma assembleia. A decisão pela ocupação do prédio foi feita como forma de antecipar o pior, já que muitos temiam que a direção da escola chamasse a polícia. 
De acordo com uma das integrantes do movimento, a organização do local está sendo feita aos poucos, para que, em breve, possam acontecer eventos, como palestras, exibição de produções audiovisuais, etc. "Ainda está tudo muito recente. Pretendemos, primeiro, limpar e reformar algumas coisas aqui dentro, para depo…
Filme Mais ou Menos Recomendável

"Mulher Maravilha"
2017
Direção: Patty Jenkins


MAIS UM FILME DE SUPER-HERÓI GENÉRICO, "MULHER MARAVILHA" PECA, IRONICAMENTE, POR TER UM SUB-TEXTO MACHISTA EM SUAS ENTRELINHAS
Estamos diante de mais um filme de super-heróis, mais um do universo expandido da DC Comics no cinema, mais um com a enorme responsabilidade de entregar um material minimamente interessante, ao contrários dos pífios "Batman vs Superman" e "Esquadrão Suicida", sem dúvida, os dois piores filmes do gênero desses últimos anos, ao lado de "Quarteto Fantástico". Ou seja, "Mulher Maravilha" chega com uma tremenda carga a ser superada. A pergunta é: conseguiu cumprir a sua missão? Bem, digamos que sim e não. Ao mesmo tempo em que o filme acerta em alguns pontos que ficaram devendo em produções anteriores, ele também erra ao repetir alguns dos erros mais corriqueiros de longas do gênero, com um agravante que pode até causar certa polê…