Pular para o conteúdo principal
Dica de Filme

"Viagem Alucinante" (2009)
Direção: Gaspar Noé.


Talvez, poucas vezes assisti um filme em que o título em português fizesse jus ao nome. Tudo bem que "Enter the Void" é mais sutil, e tem a ver com elementos da trama, mas, esta produção do sempre polêmico Gaspar Noé consegue, de fato, ser alucinante. Para isso, o diretor se vale de artifícios técnicos que ele já havia elaborado em "Irreversível". Portanto, esperem muito envolvimento na estória, no sentido literal da palavra.

A estória, em si, como geralmente acontece nos longas de Noé, nem é tão importante assim. Basicamente fala da relação muito íntima entre dois irmãos, Linda e Oscar, onde este, após sua morte, vaga na Terra revendo seu passado e buscando seu futuro. Ponto! O diferencial aqui está no forma, na estética, na proposta narrativa. Por exemplo: a câmera, o tempo todo, mostra a visão de Oscar das coisas. Até as "piscadas" são fidedignamente reproduzidas.




Como ele é viciado em drogas, e já sabemos o desconforto que Noé gosta de submeter os espectadores de seus trabalhos, então, esperem imagens bastantes oníricas e surreais, emulando todo tipo de viagem lisérgica. Cores extremamente vibrantes e saturadas enchem a vista o tempo todo. Os "voos" da alma de Oscar também são muito bem-feitos, sempre em tomadas aéreas, e com cortes de câmara, passando por tetos e paredes, bastante inventivas. Os efeitos sonoros, como não poderiam deixar de ser, também se destacam nesse jogo sensorial que o diretor propõe.

O que o filme peca, mesmo, é no roteiro. A clássica estória incestuosa entre irmãos soa meio batida aqui. A personalidade dos personagens também é pouco delineada. O pouco que sabemos sobre Oscar é que ele, além de viciado, acabou virando traficante, e que possui um amor incondicional pela irmão. Esta, por sua vez, só aparece como a porralouca da trama, quase sempre servindo de objeto sexual para os homens que a cercam.




Nesse sentido, pode até parecer irônico que os personagens mais desenvolvidos sejam, justamente, os amigos de Oscar, Alex e Victor. Enquanto um serve como uma espécie de "guru espiritual" para o protagonista (vejam só!), o outro possui sérios conflitos familiares, principalmente quando a mãe se envolve amorosamente com seu amigo. São pessoas até mais interessantes que a dupla principal do filme, o que chega a ser até estranho.

Outro problema é a longa duração do filme. Sim, o "corte" no meio da trama, dando a entender que Oscar precisa recomeçar um outro ciclo e acalmar a sua alma, é ate necessário à estória, mas, quase três horas de alucinações na tela soa um tanto cansativo em muitos momentos. Tudo bem que a produção não é tão incômoda quanto "Irreversível", nem tão chata quanto "Love", mas, um enxugamento mais certeiro teria caído bem.




Apesar dos pesares, este é o melhor filme de Gaspar Noé que assisti. A proposta é realmente instigante, e possui muitos ótimos momentos. Não tivesse o diretor se deslumbrado com a possibilidade de um filme com essa estética narrativa, e controlado a sua vaidade, o resultado seria melhor, mais coeso. Mesmo assim, é uma experiência válida e muito interessante num cinema atual cada vez "mais do mesmo".


Nota: 8/10.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Debate Sócio-Político
Porto Digital Ocupado!
O número de ocupações contra a PEC 55 (que propõe, entre outras coisas, uma profunda reforma no Ensino Médio) cresce a cada dia, e apesar de algumas dificuldades, a maioria mostra que está no caminho certo. No Recife, a mais recente instituição a ser ocupada foi a Escola em Referência de Ensino Médio (o EREM), pertencente ao Porto Digital, e localizada no bairro do Recife Antigo. Tudo começou durante a manhã de quinta (17), após as aulas serem suspensas para a realização de uma assembleia. A decisão pela ocupação do prédio foi feita como forma de antecipar o pior, já que muitos temiam que a direção da escola chamasse a polícia. 
De acordo com uma das integrantes do movimento, a organização do local está sendo feita aos poucos, para que, em breve, possam acontecer eventos, como palestras, exibição de produções audiovisuais, etc. "Ainda está tudo muito recente. Pretendemos, primeiro, limpar e reformar algumas coisas aqui dentro, para depo…
Filme Mais ou Menos Recomendável

"Mulher Maravilha"
2017
Direção: Patty Jenkins


MAIS UM FILME DE SUPER-HERÓI GENÉRICO, "MULHER MARAVILHA" PECA, IRONICAMENTE, POR TER UM SUB-TEXTO MACHISTA EM SUAS ENTRELINHAS
Estamos diante de mais um filme de super-heróis, mais um do universo expandido da DC Comics no cinema, mais um com a enorme responsabilidade de entregar um material minimamente interessante, ao contrários dos pífios "Batman vs Superman" e "Esquadrão Suicida", sem dúvida, os dois piores filmes do gênero desses últimos anos, ao lado de "Quarteto Fantástico". Ou seja, "Mulher Maravilha" chega com uma tremenda carga a ser superada. A pergunta é: conseguiu cumprir a sua missão? Bem, digamos que sim e não. Ao mesmo tempo em que o filme acerta em alguns pontos que ficaram devendo em produções anteriores, ele também erra ao repetir alguns dos erros mais corriqueiros de longas do gênero, com um agravante que pode até causar certa polê…