Pular para o conteúdo principal
Dica de Disco

"Dawn of a New Sun" (2015)
Artista: Tuatha De Danann.


Pra quem já teve a oportunidade de conhecer a banda mineira Tuatha De Danann através do estupendo "Trova Di Danú", de 2004, segundo registro do grupo, talvez não encontre tantas novidades neste "Dawn of a New Sun", o que é muito bom. E, pra quem não conhece nada deles, com certeza vai se impressionar com o material deste disco. Sim, pois os mineiros continuam com a mesma pegada folk metal que os consagraram, só que mais maduros e experientes, o que fica transparente em cada acorde de todas as músicas, do mínimo detalhe de um timbre diferenciado, até algo mais arrojado e ousado no som.

Dos primeiros segundos da primeira canção, a empolgante "We're Back", passando pela mudança brutal de ritmos em "Rhymes Against Humanity", tendo em "An Ultimato" uma beleza quase épica (lembrando, inclusive, alguns dos melhores momentos da Donzela de Ferro), indo até os confins da Terra Média com a bela "Dawn of a New Sun", fazendo a trilha sonora perfeita para poderosos campos de batalha na formidável "Immarama", até o encerramento carregado de carisma e energia em "The Craic", que chega a emular o Kiss das antigas (vejam só!).



Sim, há algumas repetições na fórmula, como em "The Brave And The Herd", "Sack of Stories" e "Outcry", todas muito "normais", e sem grandes novidades em se tratando do que a própria banda nos acostumou a ouvir ela fazer. Mesmo assim, o som "exótico" das canções acaba se sobressaindo, principalmente pelo fato dos instrumentistas serem excepcionais, imprimindo muito profissionalismo em sua arte. Mesmo essas mais, digamos, uniformes estão acima da média do que estamos escutando por aí no rock pesado em todas as suas vertentes, inclusive, no Brasil, onde temos até uma boa gama de bandas de metal, porém, a maioria muito iguais umas às outras. O Tuatha tem aquilo que chamamos de "diferencial", até mesmo dentro do.próprio folk metal.


Em linhas gerais, "Dawn of a New Sun" é isso: um disco competente, redondo, viciante. Contribui, e muito, para a equilibrada discografia da banda, e ainda aponta alguns novos caminhos que ela pode seguir daqui pra frente. E, pra quem está apenas se iniciando no mundo místico do Tuatha De Danann, é um ótimo começo. E, quem sabe, até, não seja o álbum que fará o público brasileiro ter mais familiaridade com um estilo tão segmentado quanto o folk metal? Qualidades e "desculpas" não faltam pra tornarem "Dawn of a New Sun" um trabalho a ser escutado várias e várias vezes.

Link para fazer o download do disco:
http://metaltorrent.ucoz.com/publ/folk_metal/tuatha_de_danann_dawn_of_a_new_sun_2015/16-1-0-1467


Nota: 8/10.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Debate Sócio-Político
Porto Digital Ocupado!
O número de ocupações contra a PEC 55 (que propõe, entre outras coisas, uma profunda reforma no Ensino Médio) cresce a cada dia, e apesar de algumas dificuldades, a maioria mostra que está no caminho certo. No Recife, a mais recente instituição a ser ocupada foi a Escola em Referência de Ensino Médio (o EREM), pertencente ao Porto Digital, e localizada no bairro do Recife Antigo. Tudo começou durante a manhã de quinta (17), após as aulas serem suspensas para a realização de uma assembleia. A decisão pela ocupação do prédio foi feita como forma de antecipar o pior, já que muitos temiam que a direção da escola chamasse a polícia. 
De acordo com uma das integrantes do movimento, a organização do local está sendo feita aos poucos, para que, em breve, possam acontecer eventos, como palestras, exibição de produções audiovisuais, etc. "Ainda está tudo muito recente. Pretendemos, primeiro, limpar e reformar algumas coisas aqui dentro, para depo…
Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Dica Cultural

Festival MIMO 2016
Programação Olinda


MIMO significa Mostra Internacional de Música em Olinda. E, também resistência de arte da melhor qualidade. Nasceu em 2004, na cidade pernambucana que leva seu nome, e que hoje é patrimônio histórico da humanidade. O que não significa que o festival não ocorra em outros lugares, como vem acontecendo há alguns anos. Este ano, por exemplo, em sua 13ª edição, a MIMO já desembarcou em Portugal, e nas cidades brasileiras de Ouro Preto, Tiradentes, Paraty e, nos próximos dias, no Rio de Janeiro. E, claro, haverá espaço para sua cidade natal, Olinda, que irá abarcar inúmeras atrações de peso entre os dias 18 e 20 de novembro próximos.
A seguir, a programação completa da MIMO em Olinda.


CONCERTOS

18 Novembro / Sexta-Feira

Zeca Baleiro - Violoncelo e Piano
18h - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

João Fênix
19h - Igreja do Carmo

João Bosco & Hamilton d Holanda
19h30 - Mosteiro de São Bento / Palco Se Ligaê

Mário Laginha & Pedro Burmes…