Pular para o conteúdo principal
DEBATE POLÍTICO

QUEM TEM MEDO DO PT?




Objetivamente: a ascensão de Lula à presidência da República, em 2002, foi um grande feito. Mas, fora isso, o que, de fato, o PT tem realizado de bom pelo país?

Numa análise mais rasa, podemos dizer que o partido estabilizou a economia (aumentando - só um pouco - o poder aquisitivo das pessoas) e a realização de diversos programas sociais. Mas, temos que ter em mente que a estabilidade da economia já vinha desde o governo FHC. A maxidesvalorização do real ocorrida em 1999 alterou a situação no balanço de pagamentos. O país passou de um déficit de US$ 7 bilhões para um déficit de US$ 1 bilhão . No ano de 2001 nova maxidesvalorização permitiu a reversão efetiva do balanço de pagamentos que passou para um superávit de US$ 2,6 bilhões; o primeiro resultado positivo desde 1994, segundo dados de artigo do economista Edson Pereira, publicado no site www.administradores.com.br. Portanto, não podemos dizer que o mérito é, efetivamente, do Partido dos Trabalhadores. Além disso, programas sociais já eram feitos antes de 2002, como o Bolsa Escola e o Bolsa Gás. O que Lula fez foi apenas unificá-los no Bolsa-Família.

Eis, então, a encruzilhada: tirando esses pontos, qual o legado positivo que o PT deixa para o Brasil? Redução da pobreza e melhor estruturação da educação eram segmentos óbvios num ambiente de estabilidade econômica e social. E, mesmo com esses avanços, é unânime salientar que a desigualdade na distribuição de renda ainda é altíssima. Portanto, o que se pode dizer é que o PT, num governo nacional de 12 anos, apenas continuou o que estava certo, mas pouco fez para mudar o que ainda está errado. Pior é que fez isso sendo, de certa forma, conivente com aquilo que mais atrapalha o desenvolvimento de um país: a corrupção. É correto afirmar que a Polícia Federal nunca trabalhou tanto quanto nesses últimos anos, porém, os resultados práticos disso pífios. Pouco se recupera das quantias desviadas em esquemas fraudulentos, e ainda por cima, nossos líderes tentam minimizar a imagem de muitos envolvidos em corrupção; seja Lula defendendo Sarney ou se aliando a Maluf, seja Dilma nomeando inúmeros ministros envolvidos em atos ilícitos, dizendo que tudo se trata de "intriga da oposição", para depois, demiti-los.

Essas atitudes se tornam ainda mais incompreensíveis pelo fato do Partido dos Trabalhadores ter sempre presado pela ética, e agora, no poder, ser um dos partidos que mais se envolvem com corrupção ou a deixa acontecer diante de seus olhos. E, isso não é dito somente pelos seus oposicionistas, mas de pessoas ligadas ao próprio partido, como bem demostra esse vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=kBTICz-U9aw

E, se formos para outras instâncias que não a corrupção, o PT também vem fazendo um péssimo trabalho, vide o atraso nas obras do PAC 2, conforme é possível consultar nos links abaixo.

Ou seja, o Partido dos Trabalhadores ainda mostra-se inapto a cumprir metas, que, inclusive, foram feitas em campanhas eleitorais passadas. Existem, claro,outras constatações de que o "desenvolvimento" do Brasil está a passos mais do que lentos, mas, por enquanto, faz-se suficiente para demostrar que, já que a maioria da população quer esses líderes no poder, que possamos ter toda a informação necessária para cobrar deles cada vez mais.

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8117

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8147

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8178

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8190

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8212

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8246

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8271

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8301

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8319

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8291

http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/8291


ERICK SILVA.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lista

10 Melhores Discos Nacionais de 2017 (Até Agora)


Sim, meus caros, não está nada fácil. Achar os "10 melhores discos nacionais lançados em 2017 (ate agora)" demandou bastante tempo, mesmo porque, até no meio do cenário indie, anda rolando uma certa mesmice em termos de sons e atitudes, com bandas soando rigorosamente iguais umas as outras. Está faltando identidade e carisma até na nossa música alternativa, infelizmente. Mas, lamentações à parte, esta é uma pequena lista que se propõe a ser um guia atual para quem deseja saber o que anda acontecendo de bom por aí. 
Torcer, agora, para que os próximos meses sejam mais produtivos no sentido de termos mais lançamentos bons como estes.
🎵


10°
"Feeexta"
Camarones Orquestra Guitarrística


"Canções Para Depois do Ódio"
Marcelo Yuka


"Triinca" Triinca

"Galanga Livre" Rincon Sapiência

"Vênus" Tupimasala
Lista Especial Final de Ano

20 MELHORES DISCOS DE 2017


Este ano, em termos de música, foi um pouco melhor do que 2016, indiscutivelmente. Novos artistas mostraram trabalhos maravilhosos (Triinca, Royal Blood, Rincon Sapiência, Kiko Dinucci), ao mesmo tempo que alguns da velha guarda voltaram com tudo, em discos que parecem de início de carreira (Accept, Living Colour). 
Além disso, tevemos obras das mais variadas teméticas, desde a banda instrumental Macaco Bong fazendo uma reeleitura pra lá de insana do clássico "Nevermind", do Nirvana, até artistas como Rodrigo Campos, Juçara Marçal e Gui Amabis, que, com "Sambas do Absurdo", emularam à perfeição a obra do filósofo Albert Camus. 
O resultado desta excelente miscelânea sonora está aqui, numa lista com os 20 melhores discos lançados neste ano que passou, cada um com cheiro e gostos diferentes, mas, que, de forma alguma, são indigestos.
Bon appétit. 🍴

20º
"In Spades"
The Afghan Whigs


19º
"The Rise of Chaos…
Dica de Filme

"As Fitas de Poughkeepsie" (2007)
Direção: John Erick Dowdle.


A maldade humana já gerou filmes verdadeiramente perturbadores, mas, que, muitas vezes, são feitos de forma apelativa, sempre expondo mais violência, como numa forma de fetiche, do que propondo alguma forma de reflexão. Exemplos desse desserviço cinematográfico são muitos, e não vou citá-los aqui, porque só servem mesmo para alimentar mentes doentias. Porém, existem aqueles filmes que conseguem fugir dessa regra, e conseguem propor algo válido, ao mesmo tempo que assustam bastante. É o caso deste "As Fitas de Poughkeepsie".
Primeiramente, é bom que se diga que ele se trata de um falso documentário, usando a (hoje batida) técnica de found-footage, que consiste em apresentar filmagens de maneira amadora, aumentado o tom realístico da obra. O resultado, pelo visto, deu certo. Quando "As Fitas de Poughkeepsie" foi exibido pela primeira vez no conceituado Festival de Trapeze, em Nova Ior…