Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014
DICA DE FILME

"LAVOURA ARCAICA" (2001)




"Quanto mais unida a família, mais violento é o baque"

Expurgo das dores da alma. Algo caro para todos nós, principalmente aqueles com sensibilidade acima da média para as coisas do mundo. Nem todos possuem o equilíbrio necessário para suportar tamanha enfermidade, e muitos sucumbem. Raduan Nassar entendeu isso, e, rapidamente, mostrou-nos sua visão de mundo, para depois, recolher-se no isolamento. Usou, como toda grande pessoa, a arte para expor suas mais profundas inquietações. Escreveu dois grandes livros de nossa literatura: "Um Copo de Cólera" e "Lavoura Arcaica". Enquanto o primeiro partia de uma briga de casal para expandir os limites de sua crítica para toda a sociedade, o segundo traçava a desunião de uma conservadora família para falar das contradições do mundo, voltar novamente a falar da família, e assim sucessivamente, nesse jogo onde os universos, muitas vezes, confundem-se.

Como se vê, transpor…
DICA DE LIVRO

"A REVOLUÇÃO DOS BICHOS", escrito por George Orwell, em 1945.




Por muito tempo, relutei em ler este livro. Oportunidades apareciam, mas sempre adiava me debruçar nele por algum motivo. E, eis que surgiu uma chance ao final do ano de 2013. Providencial? Se levarmos em consideração que esse foi um ano turbulento em termos de revoltas e manifestações sociais, principalmente no Brasil, creio que o li no momento ideal.

Pra começar, Orwell se vale de alegorias, não sendo necessariamente direto em suas abordagens críticas, o que é excelente. Assim, a mensagem é passada com mais naturalidade. E, a ideia básica dele foi traçar um paralelo entre a sociedade e uma fazenda com bichos diversos, com muitas representações e nomes de personagens que fazem bastante sentido. Em determinada situação, um porco de nome sugestivo de Major faz um inflamado discurso de liberdade aos animais do local, indagando o porquê deles serem escravizados, enquanto os humanos ficavam com todas as r…
NOTÍCIA

MARCO CIVIL DA INTERNET É APROVADO - E, AGORA?




Nesta quarta (dia 23), finalmente foi aprovado o Marco Civil da Internet, com a assinatura da presidente Dilma Roussef. Porém, muitos ainda têm dúvidas dos novos direitos e deveres que cabem aos usuários e provedores da rede. Com base nisso, o jornal Zero Hora preparou um conjunto de perguntas e respostas que visam elucidar pontos importantes.

Segue:

Como a regra da neutralidade pode melhorar a minha navegação?
O princípio da neutralidade diz que a rede deve ser igual para todos, sem diferença quanto ao tipo de uso. Assim, ao comprar um plano de internet, você paga somente pela velocidade contratada e não pelo tipo de página que vai acessar. Ou seja: você poderá acessar o que quiser, independente do tipo de conteúdo, com igual velocidade. Os provedores não poderão ter acordo com determinado site para carregá-lo mais rápido, prejudicando algum concorrente.

As empresas ainda poderão vender planos com velocidades diferentes?
Sim, as emp…
DICA DE FILME

"CUCHILLO DE PALO" (2010)
Direção: Renate Costa.


Não é nada fácil realizar um documentário. Simplesmente expor os fatos pode trazer o risco da obra ser maniqueísta, distorcendo a realidade, e fazendo com que o espectador seja induzido a pensar de tal maneira. Num filme de ficção, esses artifícios são até justificados, pois a imaginação que envolve sua criação é o combustível necessário para que seja feito, mesmo que "baseado em fatos reais". Num documentário, estamos lidando com a realidade, apesar desta vim em fragmentos. Portanto, o cuidado é sempre maior, e não raro esse tipo de produção é apenas e tão somente um produto partidário.

Mas, o que dizer de um documentário baseado na sua experiência familiar, e filmado por você mesmo? Pois é isso que a diretora Renate Costa propõe de maneira brilhante aqui. A estória (verídica) trata do período da ditadura militar paraguaia, sob o domínio de Alfredo Stroessner. Ao lado da chilena e da argentina, essa foi …
DEBATE SOCIAL

8 ANOS DE LEI MARIA DA PENHA - MAS, E O QUE MUDOU?




Após quase uma década da implantação da Lei Maria da Penha, é inexata a sua eficácia. Se, por um lado, as mulheres ganharam um forte instrumento de combate à violência, e o número de denúncias tem aumentado, por outro, as estatísticas ainda são desfavoráveis a elas. Por ano, no Brasil, são mais de 4 mil que são mortas por motivos passionais, onde a cada 5 minutos, uma mulher é agredida. E, nossas delegacias, é bom lembrar, continuam a tratar casos assim com bastante desdém, apesar de algumas exceções.

Além disso, a própria população reconhece a gravidade da situação. Tanto que 98% já ouviu falar na Lei Maria da Penha e 70% consideram que a mulher sofre mais violência dentro de casa do que em espaços públicos no Brasil, segundo pesquisa do Data Popula/Instituto Patrícia Galvão, realizada em 2013.




Diante disso, dá pra constatar, de antemão, que a mulher tende a sofrer mais violência dentro do seu lar, seja através do pai, d…
DICA DE DISCO

"YOU GOTTA GO THERE TO COME BACK"(2003)
Artista: STEREOPHONICS.


O Stereophonics sempre foi o típico caso de banda que lançava uma ou duas boas músicas num disco quase que inteiramente medíocre. Já, com "You Gotta go There to Come Back", a situação foi bem diferente: o álbum todo não tem uma música, sequer, descartável.

A primeira faixa, "Help Me (She's Out of Her Mind)" já mostra um excelente cartão de visitas: um desespero sonoro muito bem tocado e interpretado, ao nível de "Champagne Supernova" (uma das melhores músicas do Oasis). Por sinal, nesse disco, o Stereophonics parece ter escutado bastante a banda dos irmãos Gallagher, e ficou com as melhores partes. Prova disso é a segunda faixa ("Maybe Tomorrow", trilha do filme "Crash - No Limite").


Mas, o grupo galês não se atém somente ao Oasis no quesito influência. A terceira música que compõe o disco, "Madame Helga", tem um clima dançante e glitter…
DEBATE POLÍTICO

LEI DA ANISTIA - UMA REVISÃO NECESSÁRIA




Os 50 anos do golpe militar de 64 no Brasil passaram, e pouco ficou de prático, tanto para entendermos melhor esse período da nossa história, quanto o de rever certos paradigmas. A lei da Anistia, por exemplo, ainda hoje é considerada essencial para a reabertura política da época. Mas, até que ponto isso é verdade? Peguemos outros exemplos para esclarecer melhor. Na Argentina, houve julgamento das juntas militares na década de 80; o juiz espanhol Baltazar Garzón ajudou a impulsionar a aplicação da jurisdição universal por violações de direitos humanos (o que, obviamente, é de grande valia); nos anos 90, o ex-ditador chileno Augusto Pinochet foi preso e houveram outros julgamentos igualmente importantes no país; entre outras ações, e todas essas nações possuem democracias consolidadas, teoricamente, como o Brasil.




Só que esse assunto ainda é tabu por aqui. Falar em punir os torturadores e assassinos que estavam a serviço dos govern…
DICA DE FILME

"OS INQUILINOS (OS INCOMODADOS QUE SE MUDEM)" (2009)
Diretor: Sérgio Bianchi.


Se for para tecer algum elogio ao diretor Sérgio Bianchi, diria apenas que se trata de um corajoso. Enquanto o cinemão recente quer ser denúncia, mas acaba sendo vazio ("O Som ao Redor" e "Tropa de Elite"), os filmes de Bianchi são tensos, inquietantes, provocativos e colocam tanto o dedo na ferida certa, como na cara do espectador. Longe de serem maniqueístas ou pseudointelectuais, as obras desse cineasta são diretos, incisivos e honestos. Não é o caminho mais fácil, mas, de fato, é a atitude artística que mais respeito.

"Os Inquilinos" trata não somente dos conflitos sociais e da violência urbana, mas como um ambiente desfavorável pode "bestializar" as pessoas, deixando-as cada vez mais insensíveis diante de tanta barbaridade. Aqui, ao contrário de "Tropa de Elite", por exemplo, não existe um personagem caricato representando o apresen…
DICA DE DISCO 

"Don't Explain" (2011)
Artistas: Joe Bonamassa e Beth Hart 




É muito difícil você conseguir fazer música relevante hoje em dia. Ou porque praticamente tudo já foi feito, ou porque os interesses de mercado exigem uma música mais descartável, mais modista. Portanto, há de se louvar músicos como Joe Bonamassa e Beth Hart, que buscam nas tradições de antes a sua inspiração (mais especificamente, no jazz e no blues).

Nesse disco há releituras fabulosas de artistas como Ray Charles e Aretha Franklin. Ou seja, a nata do que de melhor a música norte-americana produziu. Os duelos da guitarra de Bonamassa com a voz de Hart são de outro mundo; com certeza de um plano diferente da consciência. Destaque para "Sinner's Prayer" (faixa de abertura, um poderoso blues) e "Chocolate Jesus", composição do malucão Tom Waits.


De certo, não é um álbum que vá revolucionar o mundo da música, mas, com certeza, é um bálsamo agradável de se ouvir em meio a tanta …
DEBATE POLÍTICO

QUEM TEM MEDO DO PT?




Objetivamente: a ascensão de Lula à presidência da República, em 2002, foi um grande feito. Mas, fora isso, o que, de fato, o PT tem realizado de bom pelo país?

Numa análise mais rasa, podemos dizer que o partido estabilizou a economia (aumentando - só um pouco - o poder aquisitivo das pessoas) e a realização de diversos programas sociais. Mas, temos que ter em mente que a estabilidade da economia já vinha desde o governo FHC. A maxidesvalorização do real ocorrida em 1999 alterou a situação no balanço de pagamentos. O país passou de um déficit de US$ 7 bilhões para um déficit de US$ 1 bilhão . No ano de 2001 nova maxidesvalorização permitiu a reversão efetiva do balanço de pagamentos que passou para um superávit de US$ 2,6 bilhões; o primeiro resultado positivo desde 1994, segundo dados de artigo do economista Edson Pereira, publicado no site www.administradores.com.br. Portanto, não podemos dizer que o mérito é, efetivamente, do Partido dos Trabalh…
DICA DE FILME

"HOLY MOTORS" (2012)




Relutei bastante em escrever sobre esse filme. Não porque não tenha gostado (pelo contrário), mas porque não queria ser leviano em falar o que não devia sobre um filme que me arrebatou como poucos, e que está na minha lista de filmes inquietantes ao lado de "Laranja Mecânica" e "Beleza Americana" (guardadas as devidas proporções).

"Holy Motors" é, só pra iniciar, no mínimo, perturbado. À primeira vista, parace um conjunto de cenas sem nexo, mas que fazem todo o sentido se você "entender" a proposta do diretor Leos Carax. Tentando simplificar: o filme mostra um dia na vida de Oscar, que trabalha numa limousine fazendo serviços que recebe em envelopes (incluindo matar). Em cada serviço, ele usa uma maquiagem diferente, interpretando diversos personagens. Bem, essa premissa seria desperdiçada por diretores medíocres, que talvez quisessem ser pedantes e pretensamente filosóficos (caindo no ridículo). Vide …
DICA DE FILME

"PRINCESA MONONOKE" (1997)




Essa produção japonesa dá de 10 a zero em muitos desenhos norte-americanos, que, ora apelam para um moralismo vazio, ora para ironias sem sentido. "Princesa Mononoke", ao contrário, preocupa-se em contar uma boa e cativante história, sempre com a sensibilidade e a responsabilidade de seu realizador. E, nisso, Hayao Miyazaki mostra-se um exímio diretor, construindo uma bela e coesa fábula envolvendo personagens realmente fascinantes. Pena que o reconhecimento do diretor no ocidente só veio quatro anos depois, quando ganhou o Oscar por "A Viagem de Chihiro".

A trama de "Princesa Mononoke" ocorre na região de Tohoku, na era Muromachi (Período feudal japonês), em uma época em que o Deus da floresta acaba de ser assassinado. Começa então, um conflito entre humanos e protetores/deuses da floresta, já que os humanos pretendem tomar a floresta para si e usar as capacidades dos deuses em benefício próprio. O que es…
DICA DE FILME

"O Enigma de Kaspar Hauser" (1974)


O cineasta Werner Herzog é mais conhecido por obras-primas como a refilmegem de "Nosferatu", "Crepúsculo dos Deuses" e "Fitzcarraldo". Porém, existe um filme seu, que é mais desconhecido, mas que pode ser considerado seu grande momento. Trata-se de "O Enigma de Kaspar Hauser".


A estória, por si, já é intrigante. Um jovem e assustado Kaspar Hauser é deixado sozinho numa praça por um senhor. Permanentemente imóvel, ele só possui a roupa do corpo, mais uma carta numa mão e seu chapéu e um livro de orações na outra. Os moradores do local então o recolhem e começam a cuidar dele. Descobre-se que Hauser foi criado desde pequeno num calabouço, e que só agora, possou a ter contato com o mundo externo e com as pessoas. No seu novo lar, ele começa a aprender das coisas mais simples (andar e comer) até as mais complexas (ler e escrever). O problema é que, por não ter filtros sociais da hipocrisia, e…